É do Brasil!

Mais jogos e análises.

Itália x Nova Zelândia: 1 a 1 e a situação da Itália é muito complicada. Decepcionou de novo! Os números mostram a Itália superior, com 57% de posse de bola e 39 finalizações (23 na direção do gol e 16 pra fora) contra apenas 5 finalizações da Nova Zelândia (3 no gol e 2 pra fora). Mas de nada adiantou a posse de bola italiana e nem o bom rendimento de finalizações, pois paravam no goleiro neozelandês. A Itália com esse resultado divide a segunda colocação do grupo com os próprios adversários, os neozelandeses, ambos com 2 pontos.

Paraguai x Eslováquia: Talvez a maior surpresa da copa, o Paraguai venceu com autoridade e segurança por 2 a 0 a Eslováquia. O Paraguai está descansado em primeiro lugar do grupo e está praticamente classificado para a segunda fase da copa. Mas o curioso dessa partida foram os número, porque apesar da superioridade total do Paraguai enquanto se assistia o jogo, os números mostram equilíbrio e até a Eslováquia ganhando do Paraguai na posse de bola, com 51% contra 49% do Paraguai e 11 finalizações (6 no gol e 5 pra fora) contra 17 do Paraguai (11 no gol e 6 pra fora). Mas esqueça essas estatísticas, o Paraguai está mostrando que é uma grande equipe e que vai dar trabalho para as chamadas grandes seleções.

Brasil x Costa do Marfim: Brasil venceu por 3 a 0 e com bastante conforto e espaço. No começo do jogo a Costa do Marfim contrariou as expectativas para seu estilo de jogo; eu achei que logo o Brasil tomaria um gol. A seleção africana começou se emostrando superior, pressionando a defesa do Brasil e atacando muito e dificultando muito a saída de bola da seleção brasileira, mas logo as coisas se estabilizaram e as duas seleções se colocaram em seus verdadeiros postos. A seleção brasileira foi muito superior e Luís Fabiano fez o primeiro gol do Brasil e dele na partida (um golaço) e desencantou; fim do primeiro tempo. No segundo tempo não restaram dúvidas sobre a superioridade do Brasil, Luís Fabiano, com ajudinha da “mão de Deus”, fez o segundo dele e o segundo da seleção brasileiro (um golaaaço) e Elano, após passe de Kaká, marcou o terceiro do Brasil. Após estar perdendo por 3 a 0, a seleção da Costa do Marfim começou a bater e bater muito! No entanto, a seleção africana conseguiu, com o craque Drogba de cabeça, fazer um golzinho de honra. Elano, após tentar carrinho em jogador marfinense, levou uma solada como “contra-carrinho” e se machucou feio; que pena para ele como pessoa, mas a seleção brasileira agradece sua saída para a entrada de Dani Alves. Não que eu esteja feliz por ele ter se machucado, mas eu estou feliz pela saída dele e entrada de Dani Alves. Kaká foi expulso injustamente após levar o segundo cartão amarelo; o primeiro cartão foi justo, porém o segundo foi um erro absurdo do juíz. Foi um jogo emocionante, muito bom. Luís Fabiano desencantou e voltou a marcar, Kaká novamente, apesar dos passes para dois gols, não jogou nada e a única coisa que fez em campo foi apanhar, Elano fez gol novamente, porém continua jogando sem brilho nenhum e não deveria ser tiular da seleção, e sim o Dani Alves é que deveria ser. Os defensores da seleção brasileira (Maicon, Lúcio, Juan e Michel Bastos) foram muito bem e o melhor jogador em campo foi Luís Fabiano. O Brasil teve 56% de posse de bola e 12 finalizações (6 no gol e 6 pra fora) contra 10 da Costa do Marfim (4 no gol e 6 pra fora).

Não tem pra ninguém! Brasil campeão!

~ por Raphael Mariano de Souza 7 em 20/06/2010.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: